De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Mundo

Estados Unidos: português passa a contar para acesso à universidade

Os estudantes nos Estados Unidos poderão realizar, pela primeira vez, um exame de língua portuguesa em abril para obter créditos no acesso às principais instituições norte-americanas de ensino superior, divulgou o Governo, em comunicado.

“Em abril de 2017, pela primeira vez, os estudantes nos Estados Unidos poderão realizar exame NEWL (National Examinations in World Languages) de língua portuguesa para obter créditos no acesso às principais instituições norte-americanas de ensino superior”, referiu a nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

De acordo com o comunicado, o programa AP (Advanced Placement) da prestigiada associação de estabelecimentos de ensino norte-americanos “College Board” reconhece os exames NEWL da American Councils for International Education, incluindo para efeitos de contagem de créditos no ensino secundário e no acesso ao ensino superior, recomendando-os aos seus associados.

Segundo o MNE, “esta decisão beneficiará em particular a comunidade portuguesa e lusodescendente nos Estados Unidos”.

Este marco atingido está, de acordo com a nota, “dentro de um objetivo mais global de promoção da língua portuguesa junto de todos os estudantes que queiram aceder ao ensino superior norte-americano, agregando vantagens curriculares específicas ao seu valor intrínseco enquanto terceira língua de origem europeia mais falada no mundo”.

O MNE ainda referiu, no comunicado, que este trabalho de promoção da língua portuguesa vem sendo realizado pela rede diplomática e consular portuguesa nos Estados Unidos, coadjuvada pela estrutura de coordenação do ensino do português no estrangeiro (EPE) naquele país e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Este reconhecimento do português nos sistemas de ensino secundários e de acesso ao ensino superior norte-americanos, acrescentou, insere-se na política “3C’s” de promoção da língua portuguesa no estrangeiro em execução pelo Governo que são conteúdo, certificação e credenciação.