De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Mundo

Canadá reduz para metade o prazo para reunir famílias imigrantes

O Governo canadiano anunciou esta quarta-feira que reduziu para metade o período de tempo necessário para aceitar a imigração de estrangeiros casados com canadianos, que agora passará a ser de um ano.

O ministro da Imigração do Canadá, Ahmed Hussen, fez hoje o anúncio para coincidir com o dia de São Valentim, o chamado Dia dos Namorados.

O executivo canadiano disse que este ano espera receber 66.000 cônjuges ou pessoas dependentes de um casal, depois de, na última década, a média anual ter sido de 47.000 pessoas.

Hussen indicou também que o número de pessoas que aguardava a decisão do Canadá sobre a sua imigração para o país ao abrigo do programa de reunificação de casais foi reduzido de 75.000 pessoas em dezembro de 2016 para 15.000 em dezembro de 2017.

O Ministério da Imigração anunciou hoje igualmente um novo processo mais simplificado para requerer a reunificação familiar, classificando-o como “uma prioridade chave para o Governo do Canadá”.

A principal alteração é a entrega dos documentos necessários para fazer o pedido de reunificação familiar no início do processo, o que “ajudará a processar os pedidos de forma mais rápida e eficiente e evitar atrasos desnecessários”.

“O Governo do Canadá está empenhado na reunificação familiar. Entendemos quão importante é reunir casais. E também torna o Canadá mais forte”, declarou o ministro em comunicado.

“Os canadianos que se casam com alguém estrangeiro não deviam ter que esperar anos para que a pessoa emigre, ou estar na incerteza quanto à sua possibilidade de permanecer no país”, acrescentou Ahmed Hussen.