De que está à procura ?

luxemburgo
Lisboa
Porto
Luxemburgo, Luxemburgo
Europa

Brexit: 20 instituições internacionais já escolheram o Luxemburgo

Mais de 20 instituições internacionais “de primeira linha” escolheram o Luxemburgo para dar continuidade à sua atividade, depois de o Reino Unido deixar a União Europeia (UE). Entre os bancos que anunciaram que vão deslocar a sua atividade para o grão-ducado estão o Citibank, o JP Morgan e a China Everbright, aos quais se somam gestores de ativos globais, como a Blackstone e Carlyle, publicou o Jornal Económico.

“Na sequência da decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, mais de vinte instituições internacionais de primeira linha escolheram o Luxemburgo para criar todas ou parte de suas atividades e beneficiar da especialização que existe no ecossistema financeiro do Luxemburgo”, afirmou esta quinta-feira o ministro das Finanças luxemburguês, Pierre Gramegna.

No ano passado, o ministro das Finanças luxemburguês indica que recebeu a comunicação de que os bancos norte-americanos Citibank e JP Morgan se estavam a preparar para criar um novo hub financeiro no país, temendo os efeitos da saída do Reino Unido da UE. Outras três instituições financeiras anunciaram também planos de contingência nesse sentido. Pierre Gramegna diz que há ainda registo de 10 companhias de seguros com intenções de mover a sua atividade.

Pierre Gramegna diz que o país espera vir a receber novos anúncios de outras empresas nos próximos meses, sobretudo “nos setores de seguros, fundos de gestão e bancos”, que vêem no Luxemburgo uma oportunidade competitiva de se manterem dentro do acordo de livre comércio.